Projeto Renascendo realiza Encontro do Nó da Rede de Educação Ambiental em Pariconha

Imagem: Seleção das nascentes em Tacaratu/PE. Foto: André Souza

O Encontro do Nó da Rede Renascendo de Educação Ambiental de Pariconha tem como objetivos, pensar coletivamente sobre a importância e significados das nascentes, elaborar o Plano de Ação de Educação Ambiental, selecionar as próximas nascentes a serem recuperadas, além de iniciar o processo de formação do grupo de mulheres “Cuidadoras da Vida”. O encontro acontece dia 05 de outubro, das  08h às 12h, no Balbinão Show Emanoel Lima, localizado na rua Alto da Boa Vista em Pariconha/AL.

Imagem: Silvia Janayna de Oliveira, assistente de educação ambiental conversa com grupo de mulheres em Água Branca/AL. Foto: André Souza

Para Silvia Janayna de Oliveira, assistente de educação ambiental do projeto,  a participação das comunidades é importante para o fortalecimento da rede de educação ambiental, “o êxito da recuperação das nascentes e a continuidade do projeto dependem diretamente do nível de envolvimento das comunidades, e a educação ambiental é fundamental nesse processo. Para isso, além de trabalharmos a comunidade do entorno das nascentes como um todo, atuamos também em grupos específicos com  a comunidade escolar, com os gestores públicos, com os jovens locais e também com as mulheres, através do grupo Cuidadoras da Vida”, ressalta Silvia Janayna. Os encontros dos Nós da Rede pretendem criar grupos de mulheres nos 6 municípios participantes.

Imagem: Recuperação de nascentes, limpeza, canalização e práticas sustentáveis em Mata Grande/AL. Foto: Kaedla Menezes

O Projeto Renascendo tem o patrocínio da Petrobras, com apoio da Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos de Alagoas (SEMARH) e do Colegiado Territorial do Alto Sertão de Alagoas, além da parceria das prefeituras municipais de Água Branca, Mata Grande, Canapi, Inhapi, Pariconha e Tacaratu/PE.

Imagem: Socialização de informações sobre qualidade da água junto às comunidades dos entornos das nascentes em Mata Grande/AL. Foto Kaedla Menezes

O Instituto Palmas é uma ONG fundada em 2002, com sede em Piranhas, no alto sertão de Alagoas, cuja missão é a promoção do desenvolvimento econômico e social sustentável, dos direitos humanos, da cidadania e da democracia; e a preservação da memória e do meio ambiente.

 

Serviço:

Encontro dos Nós da Rede Renascendo – Pariconha – Alagoas

Local: Balbinão Show Emanoel Lima, localizado na rua Alto da Boa Vista s/n

Data: 05 de outubro de 2018

Hora: 8h às 12h

 

Encontro da Rede Renascendo de Educação Ambiental em Inhapi

Participantes expõem as formas e cores encontradas nas nascentes. Foto: André Souza

O encontro do “Nó da Rede” de educação ambiental realizado pelo Projeto Renascendo em Inhapi-AL, no último 10/08, reforça a articulação em espaços coletivos e fortalece os vínculos entre as comunidades, o poder público e a sociedade civil organizada na gestão compartilhada das ações de recuperação e proteção das nascentes.

Sistematização das lendas, formas e cores das nascentes. Foto: André Souza

Durante o encontro foram levantadas informações referentes à percepção da paisagem por parte dos moradores do entorno das nascentes, as formas e as cores dos elementos presentes nas fontes de água, as lendas que fazem parte do repertório cultural local e ambiental.

“Com a educação ambiental proposta pelo projeto, ao mesmo tempo em que ouvimos a comunidade, como utilizam a água, seus desejos e anseios relativos às ações de intervenção nas nascentes, trazemos essas informações para o nosso plano prático de recuperação ecológica”, afirma Silvia Janayna de Oliveira, assistente de educação ambiental do projeto. “Nesse encontro também começamos a discutir com as participantes a formação do grupo de mulheres “Cuidadoras da Vida” e quais atividades e ações elas teriam interesse em desenvolver”, ressalta Silvia.

Silvia Janayna, assistente de Educação Ambiental, fala com participantes. Foto: André Souza

 

O Projeto Renascendo é realizado pelo Instituto Palmas, tem o patrocínio da Petrobras, com apoio da Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos de Alagoas (SEMARH), Colegiado Territorial do Alto Sertão de Alagoas, além da parceria das prefeituras municipais de Água Branca, Mata Grande, Canapi, Inhapi, Pariconha e Tacaratu.

O Instituto Palmas é uma ONG fundada em 2002, com sede em Piranhas, no alto sertão de Alagoas, cuja missão é a promoção do desenvolvimento econômico e social sustentável, dos direitos humanos, da cidadania e da democracia; e a preservação da memória e do meio ambiente.

Durante o encontro foi discutida a formação do grupo de mulheres “Cuidadoras da Vida”. Foto: André Souza